quarta-feira, 10 de abril de 2013

CARTA ABERTA (COM ENDEREÇO CERTO)

                                                                                                              
     
CARTA ABERTA  (COM ENDEREÇO CERTO) 
     
  “ Hola” Michelle! Minha Miu, mais ainda Mimiu ou Mimiuzinha!

 

        Estou em êxtase! Sinto um borbulhar, um efervescer nas entranhas do meu ser! Sensações físicas, porem meros reflexos “de profundis” do âmago da minha alma que vibra e ressoa quase alcançando o tom da música das esferas!

        Miu que lindo! Que linda!

        Sua sensibilidade, sua poesia de ser e dizer, misturando sob a batuta do amor, o profundo com o prosaico do cotidiano, pintado com coloridos vívidos sem perder a harmonia, o sensível que não cria porque na realidade é poesia!

       Miu sua delicadeza com ares displicentes de quem não se preocupa e nem se importa com o pré estabelecido ou com os circunvizinhos, hasteando como quem nada quer, a bandeira das guerrilheiras feministas da história, sem entretanto perder essa humanidade tão forte e delicada, tão sensível  e poética, nessa busca de firmar o seu ser com honesta postura de vida e de sentimentos!

      Você minha pequena ternurinha, sempre foi coerente com você e com as suas buscas de ser!

       A menininha pequena, magra, com aparência frágil, sempre às voltas com o caderno e as lições de casa! Aquela pequena, bem pequena que, ao ganhar um  “Taro dos Duendes” baralhinho infantil, da” Além das Lendas” e que sem inibições ou constrangimentos, se punha a “ler” Tarô para minhas amigas, alunas ou visitas!

      A menina que, no meio do caminho trocou para sempre os cadernos pelos livros, em busca de conhecimento, do belo, da filosofia, das verdades e poesias e, enveredou pelos caminhos das letras e aí se bacharelou e, não parou, continua vivendo, buscando o belo no ser e no dizer.

        Estou imensamente envaidecida, deliciada, sensibilizada, ao saber pela sua cartinha, que você irá contar de mim, irá ler minhas crônicas, contos e poesias, para adultos e  crianças, as nossas e aquelas a quem você pretende, no futuro, dedicar o seu amor e muito da sua atenção!

         Cuide-se menina! Por mim e por você!

         Não perca nunca o contato tão grato ao nosso bem querer!

         Beijo você! E para não perder o velho hábito de sempre: “Meu coração para o seu coração ! Seu coração para o meu coração ! Amo você!”

 

                                             Mariza

                                            A tia Má.
                        

 

8 comentários:

Sue disse...

Que delícia ler e me deixar me envolver por esta sua alegria, amiga Mariza!
Abraços e beijos meus pra vc e Miu...
(Pode ser mais carinhoso esse apelido? Pode ser mais doce esse jeitinho dela sentadinha com vc nesse sofá?... Pode não!)
Sucesso, Miu! (rs atrevida, eu, não?! Pois se nem a conheço, menina do sorriso cativante!)

Sue disse...

('me deixar me envolver' foi horrível, my God! sobrou um 'me' rsrs perdoe...) Mariza!!! Vc, com sua alegria e jeito bom de escrever, me envolveu toda, percebeu?! rsrs
)

Gisele Cezar disse...

Ela é mesmo uma coisinha linda né mazinha?!!?! Também recebemos uma carta dela ontem, cheia de sentimento, sorriso, ideias, novidades e lembranças. E viva a nossa MIU!!!!

nivea cerqueira cesat martins disse...

BOM SENDO MÃE DA PEQUENA MICHELLE,SINTO-ME ELOGIADA,ACARICIADA
E MUITO FELIZ PELA MINHA PEQUENA SER TÃO ESOECIAL E TÃO AMADA POR TODOS!!
MICHELLE SEW FEZ CONHECIMENTO E VAI EM BUSCA DE SI MESMO DEW UMA FORMA TÃO DELICADA E BELA!!
ESSA É A PEQUENA MICHELLE,MENINA DO DESBRAVAR,A ARTE,A LITERATURA E AS BELEZAS DESSE MUNDO ONDE MICHELLE PISA COM SEUS PEZINHOS DE QUERO MAIS SEMPRE!!AMO VC FILHA,VC MERECE!!SUA MÃE1][

Michelle disse...

Minha Mazinha, tô chorando aqui, nunca me escreveram palavras tão bonitas, e com tanta sinceridade, só posso me sentir muito amada. E é com amor também que te escrevi cada palavra e cada cartinha da nossa história. Minha mazinha, minha tia avó, minha amiga. Não importa nada - as discordâncias ou "desencontrâncias" - só importa o nosso amor, que é forte e vem lá de dentro, do coração, dos olhos e da mão. E a boca te manda beijos e sorrisos.
Obrigada por você!

Miu. ("Pode ser mais carinhoso esse apelido?")

Michelle disse...

E sucesso pra você também Sue, que também não te conheço mas gostei do atrevimento!

Sue disse...

Obrigada, Michelle!

Brigadinha, Miu!

Sonia Miranda disse...

Lindo o texto e comovente os
comentários